girletc-blog-entrevista-historiasdecasa-1-b

Bruna Lourenço & Paula Passini, Histórias de Casa

Quando descobrimos o blog Histórias de Casa foi amor à primeira vista. Amor que surpreendeu pelos textos detalhados e cheios de sentimento de cada história por trás de cada lar. Bruna e Paula são paulistanas e designers de interiores, e isso foi só o começo da sintonia das duas, que largaram o emprego para criar o blog de décor com muito afeto  – 

Como foi a trajetória de carreira de cada uma?

Bruna – desde sempre sabia que queria fazer design de interiores. Depois fui trabalhar com projetos, onde trabalhei durante 5 anos fazendo obras. Nesse meio tempo criei o Referans em 2010, um blog de decoração, que hoje fica no site da revista Glamour. Logo percebi que gostava muito mais de trabalhar no blog do que no meu emprego. Decidi me arriscar como jornalista (mesmo sem diploma) e fui parar em um site de decoração (onde conheci a Paula).

Paula – me formei em administração, e no final da faculdade já sabia que tinha errado. Meu primeiro emprego foi na Vivo em RH, e depois trabalhei em várias agências de publicidade com atendimento. Logo depois percebi que precisava de algo ainda mais criativo com um ambiente menos caótico. Finalmente, peguei toda a grana que eu tinha para viajar durante 1 ano. Quando voltei, fui atrás de estudar design de interiores, consegui um emprego em um site de decoração (onde conheci a Bruna), e depois veio o Histórias de Casa.

Qual a sua maior lembrança de infância? 

Bruna – meu pai fez muita coisa em casa, foram 10 anos de reformas, ele desenhou a mesa de jantar, detalhes com o jeitinho dele, que no final ficou uma casa bem diferente das outras casas. Eu dividia meu quarto com minhas irmãs, onde tinha uma treliche! A nossa convivência no quarto foi de muita diversão, como em um albergue.

Paula – grande parte dos meus momentos livres eram na casa de praia dos meus pais. Era lá que eu tinha um cachorro, e foi essa casa que marcou a minha infância. Meu avó tinha uma empresa de papelão e minha mãe brincava comigo de recortar moldes e montar a casinha da Barbie. Já deveria ter percebido meu gosto por decoração nessa idade.

 

Pique-nique & Histórias

Bruna e Paula nos receberam com um pique-nique digno de editorial de revista de décor, e a gente passou uma tarde delícia conversando sobre carreira, blog, e claro, décor!

Local preferido na casa de vocês?

Bruna – o meu quarto (sem a treliche!) é o único ambiente 100% meu, minhas irmãs já saíram de casa (nota da editora: Bruna se casou e acabou de se mudar para o seu primeiro apartamento com o marido e 3 gatinhos!).

Paula – a sala, pois desde que eu me mudei fiquei muitos meses fazendo ao poucos. É o ambiente que cheguei mais próximo do fim, em termos de design. A sala é o local mais gostoso do apartamento (nota da editora: as fotos não mentem o capricho que é a sala da Paula!).

Dica para quem gostaria de deixar a casa com mais personalidade?

Hoje a internet é um mundo de possibilidades, cheios de projetos de DIY onde você pode procurar algo que tenha a ver com você. Se a pessoa está limitada no orçamento com os móveis, invista em objetos pequenos que contam histórias. Um achado encontrado em uma lojinha em Buenos Aires por exemplo se torna um objeto de lembrança além de um objeto de décor.

Home Office

Por enquanto, cada uma trabalha de casa. Quando precisam fazer reuniões sobre o conteúdo de cada semana, elas se encontram no apartamento da Paula

Nós já arrumamos um pouco a bagunça de alguns moradores antes das fotos! Mas fotografamos cada lar como ele é, mostrando a personalidade de cada morador. Afinal, cada casa tem a sua história

- Paula e Bruna, Histórias de Casa

O lado bom e o ruim de ter o próprio negócio?

O difícil é não saber qual vai ser o nosso salário no fim do mês. A melhor parte é não ter uma rotina, poder fazer algo que tenha a nossa cara, fazer o que a gente gosta de verdade.

O que vocês diriam para a Bruna e para a Paula de 21 anos?

Bruna – ter paciência. Hoje vejo que as experiências que vivi em todos os empregos que já tive foram válidas para descobrir o que eu queria e onde queria chegar. No fim, as coisas se encaminham.

Paula – uma coisa que eu me arrependo é de não ter feito arquitetura na faculdade. Pensava ser péssima em matemática! Mas já corrigi esse erro no final das contas 🙂

– Paula e Bruna foram fotografadas por Babi Guedes em São Paulo. 

Comments are closed.